Por / 14th fevereiro, 2014 / Festas e Eventos / Desligado

Blocos

Os blocos carnavalescos atraem a cada ano turistas de diversas partes do Mundo para Ouro Preto.

Eles fazem parte da origem da história do carnaval na cidade e são divididos entre blocos estudantis, organizados pelas repúblicas, e blocos tradicionais, organizados por cidadãos ilustres.

Estudiosos da área apontam que o entrudo, festa portuguesa comemorada antes da Quaresma, foi responsável por originar o carnaval no Brasil e um dos primeiros blocos carnavalescos que surgiram em Ouro Preto em 1867, “Zé Pereira dos Lacaios”, é um dos principais indícios disso.

carnaval-pousadamondego-pca

Com a mudança do entrudo para o carnaval, na virada dos séculos XIX e XX, foram criadas novas formas de comemoração. Em Ouro Preto, passaram a ser formados blocos carnavalescos, o “Zé Pereira dos Lacaios”, foi organizado por funcionários do Palácio do Governo e desfila desde dos primórdios com os catitões ( grandes bonecos) e os carias (pequenos diabos) ao som dos toques de tambores e clarins. A partir da origem dele, foram criados diversos blocos como o da Bandalheira, do Caixão e da Diretoria que contam com um número alto de integrantes e mostram de forma descontraída os ritmos que contagiam a cidade.

Pesquisas apontam que no início da década de 1980, as manifestações com maior expressividade em Ouro Preto eram as escolas de samba e o bloco “Zé Pereira dos Lacaios”, retratado pela imprensa como a mais antiga agremiação carnavalesca do país.

Antigamente, o “Zé Pereira dos Lacaios” abria o primeiro dia do carnaval e depois disso era iniciado os desfiles das escolas de samba. Atualmente, todos os blocos iniciam os desfiles em um espaço fechado, denominado arena ou concentração. Nesse mesmo local, os grupos musicais como de samba ou pagode animam o carnaval enquanto os milhares de foliões se refrescam participando dos tradicionais banhos de cerveja gelada. Após o término da concentração, alguns blocos seguem pelas ruas de Ouro Preto subindo e descendo as ladeiras.

Por isso, ao visitar Ouro Preto no carnaval, contagie-se com a beleza e tradição desses blocos que refletem toda a história da festa e da cidade.